Tipo textual

Para todo o tipo de comunicação realizada, existe um tipo e um gênero textual envolvido. É na educação básica que aprendemos sobre as narrativas, as dissertações, argumentativas ou expositivas, as descrições, além dos injuntivos. Esses são os tipos textuais:

A narrativa se caracteriza por um texto que conta algo, com personagens, real ou fictício. A partir dela, uma história é contada, desde as menores, como os contos, até as mais longas, como os romances.

A descrição, por sua vez, faz exatamente o que a palavra remete: descreve, detalhadamente, ambientes, pessoas, animais, objetos ou qualquer outro item que precise ser relatado em um texto.

As dissertações podem ser divididas em dois tipos: expositiva, que analisa a realidade, expondo pontos importantes da reflexão; e a argumentativa, muitas vezes solicitadas em provas de vestibulares, é um texto que tem função de persuasão, por meio da argumentação e justificativas.

Por fim, temos o texto injuntivo e esse é de caráter instrucional. Sua função é orientar e passar informações detalhadas sobre algo, mas de forma imperativa.

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Faz e Fazem
Meio e Meia