Paranomásia (Paronomásia)

A Paranomásia ou Paronomásia também é uma figura de som, como a Aliteração e a Assonância, mas em vez de caracterizar-se pelas repetições de letras, ela se dá pela relação das palavras e sua sonoridade.

Para isso, é preciso que as palavras sejam parônimas, ou seja, palavras similares na escrita e na pronúncia, mas diferentes no significado, por exemplo: tráfego e tráfico, absorver e absolver, entre outras.Esse recurso linguístico é usado para textos humorísticos e até trocadilhos.

Um exemplo é a famosa música Cálice, de Chico Buarque:

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

A frase "Pai, afasta de mim esse cálice" é uma referência bíblica, que relembra a passagem de Jesus pelo calvário, período em que era perseguido. A partir dessa referência, a palavra cálice, por meio de efeito sonoro, é remetida à palavra cale-se.

De tal forma, a música, que trata sobre a Ditadura Militar (1964 - 1985), pede que o calar-se (censura) daquela época fosse afastada dela.

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Faz e Fazem
Meio e Meia