Tachar e taxar

Palavras homófonas são sempre causam problemas na hora da aplicação, principalmente, quando não as usamos com frequência.

Tachar, de acordo com o dicionário Michaelis, significa criticar, censurar e desaprovar. É bem utilizado para falar de qualidades negativas. Por exemplo, "Aquele vândalo foi tachado de inconsequente até por seus amigos", ou "Vão te tachar de louca se continuar gritando".

Taxar, por sua vez, possui três significados:

1. Estabelecer um valor sobre alguma coisa, como um imposto. Por exemplo, "O governo taxou ainda mais as contas de água e luz";

2. Colocar limite em algo, por exemplo, "Produtos importados serão taxados na alfândega"; 

3. Ou, também, como tachar, qualificar ou avaliar algo, não necessariamente algo negativo. Por exemplo, "O aluno foi taxado de exemplar, ao executar tão bem o trabalho" ou "O aluno foi taxado de preguiçoso, ao não executar tão bem o trabalho".

Taxar, com x, pode variar a qualificação em negativa ou positiva, já tachar, com ch, serve apenas para qualificar e avaliar negativamente.

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Meio e Meia
Faz e Fazem