Métodos de estudo: qual usar?

Estudar parece fácil para alguns e impossível para outros, principalmente durante a pandemia, quando a disciplina precisa ser ainda mais desenvolvida.

Pensando nisso, separamos alguns métodos de estudo que podem te ajudar a levar o semestre, independentemente de pandemia. Se liga:

Resumos: essa técnica é muito usada, pois com ela é possível revisar conteúdos sem precisar ler novamente um livro ou assistir uma aula. Aprende-se a resumir nos primeiros anos da alfabetização e essa atividade faz parte também da vida adulta, mas se você não está acostumado, veja alguns pontos para escrever seu texto:

  • faça anotações durante a aula
  • marque os principais pontos no livro, caso use
  • nessas anotações, explique a matéria com suas palavras
  • reestruture as informações depois da aula
  • use e abuse das cores para facilitar a memorização

Mapa mental: essa ferramenta é um diagrama que ajuda na organização de conceitos, isso vale também para a vida pessoal, trabalho etc. Atualmente, existem muitos sites e aplicativos de criação de mapas, mas veja como fazer o seu com papel e caneta:

  • separe uma folha e um papel
  • coloque o tema que deseja conceituar
  • faça conexões com esse tema central
  • use palavras-chave para ser objetivo
  • complete com informações importantes


Nesse exemplo, o conceito principal é plano de negócios e, à sua volta, estão os conceitos relacionados a ele.

Técnica Pomodoro: esse método é para gerenciar o tempo e também pode ser usado em outros contextos da vida. Com ele, é possível otimizar os estudos, aproveitando ao máximo todas as etapas. Veja como usar:

  • separe todas as atividades a serem feitas
  • estime o tempo total das atividades para se organizar
  • use o despertador ou o timer para ajudar

O objetivo é estudar e descansar para aumentar o foco. Então, a primeira etapa dura 25 minutos, em seguida, é necessário descansar 5 minutos, mesmo que a tarefa ainda não tenha sido concluída. A segunda, mais 25 minutos por 5. A terceira se repete, 25 minutos por 5. Por fim, depois da quarta etapa de 25 minutos, é necessário um intervalo de 15 ou 30 minutos.

Fonte: UNIFEBE.

Essa técnica, além de aumentar o foco, alivia a ansiedade, aumenta a motivação e a mantém constante e também permite momentos de descanso essenciais, tanto para a mente, quanto para o corpo.

Flash cards: o objetivo dessa técnica também é abordar conceitos. Todas as disciplinas possuem conceitos fundamentais, informações chave que são usadas em diversas situações e que precisam ser aprendidas corretamente para que sejam colocadas em prática da forma correta.

Para utilizar esse método, basta selecionar os conceitos ou perguntas e suas explicações e colocá-los em fichas, pedaços de papel, usando a ideia central de um lado e a explanação do outro. Depois que terminar as fichas:

  • coloque-as viradas com a resposta para baixo
  • explique o conceito ou responda a pergunta sem olhar o verso
  • confira a resposta no verso
  • separe em pilhas de certo e errado
  • revise os conteúdos que não pôde explicar

Bons estudos!

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Faz e Fazem
Meio e Meia