Pontuação

Pontuação são os sinais gráficos que corroboram com a construção de um texto, possibilitando que este tenha coerência e coesão, não sendo apenas palavras jogadas ao acaso.

Os sinais são: o ponto, a vírgula, o ponto e vírgula, os dois pontos, o ponto de exclamação, o ponto de interrogação, as reticências, as aspas, os parênteses e o travessão.

Ponto (.)

Serve para finalizar uma ideia, ou indicar o final de um período.

Vírgula (,)

Serve para a pausa de uma ideia, ou separar termos, por exemplo: Eu gosto de leite, água, chocolate e café.

Ponto e vírgula (;)

Quando se tem uma frase mais longa, o ponto e vírgula serve para separar várias orações, por exemplo: As crianças se machucam, choram; os pais se desesperam, também sofrem.

Dois pontos (:)

Como usados acima, os dois pontos servem para introduzir fala ou enumeração.

Exclamação (!)

Exclamar é explanar sentimentos como surpresa, susto, entusiasmo, medo. É para isso que o ponto de exclamação serve. Por exemplo: Que horror! É um rato!, ou Ah! Te achei!

Interrogação (?)

Interrogar significa questionar, perguntar. O ponto serve justamente para pontuar sentenças questionadoras.

Reticências (…)

Elas omitem palavras, muitas vezes, para indicar que o sentido vai muito além do que realmente é. Por exemplo: Eu gosto dele, mas…

Aspas (“ “)

São usadas para destacar expressões e citações, por exemplo: Ela disse “eu não sei para onde vou”.

Parênteses ( () )

Existem para isolar expressões ou acrescentar informações extras.

Travessão ( — )

Indica o início de diálogos e também pode substituir parênteses ou vírgulas que separam sentenças.

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Faz e Fazem
Meio e Meia