Gerúndio

O gerúndio é uma forma nominal do verbo, não tendo flexão de tempo e modo. Perde características de verbo e ganha algumas de nome – por isso o nominal – como substantivos, adjetivos ou advérbios.

Ele serve para indicar uma ação contínua, que está, esteve ou estará em andamento, ou duas ações, simultaneamente, indicando repetição, intensidade. Sendo assim, ele aparece antes do verbo auxiliar, por exemplo: “Você está lendo muitos livros”.  

Quando não utilizado corretamente, causa um certo incômodo nos ouvidos, como na frase “vou estar transferindo sua ligação”. A forma correta, e que soa melhor, seria “vou transferir sua ligação”. Esta ação equivocada e uso inadequadro se chama gerundismo.

O gerúndio tem suas funções e pode ser utilizado em nossa língua, desde que se tenha atenção ao empregá-lo.

 

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Comente essa postagem

Obs: Seu comentário será exibido quando for aprovado.

Comentarios (0):

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro a comentar.

« Voltar ao Na Ponta da Língua

Sobre o blog

Hoje em dia ainda é comum nos depararmos com erros cometidos na Língua Portuguesa tanto na fala como na escrita. Um dos fatores que contribuem para essa fatalidade é a internet, onde muitas pessoas, na correria do dia a dia, acabam compartilhando publicações ou escrevendo outras sem ao menos reler e constatar possíveis erros ortográficos.

Pensando nisso, desenvolvemos este blog para postar dicas e curiosidades talvez não tão conhecidas sobre o nosso vocabulário. Assim, quando bater aquela dúvida a respeito de como falar ou escrever determinada palavra ou expressão, corra pra cá e fique com tudo na ponta da língua.

Janeiro - 2015

Posts mais lidos

Através de e por meio de
Meio e Meia
Faz e Fazem